Skip to main content
controle de estoque bicicletaria

Como fazer controle de estoque da sua loja de bicicletas

Para um bom funcionamento, uma loja de bicicletas depende de um controle de estoque adequado. Não fazer a gestão apropriada pode acarretar diversos problemas, incluindo prejuízo financeiro para seu negócio.

Leia nosso post até o fim e confira como fazer controle de estoque para a sua bicicletaria!

Registre as entradas e saídas

A base para manter o controle adequado do seu estoque é registrar todas as entradas e saídas. Isso significa que todo produto comprado ou vendido deve ser discriminado diariamente. Para facilitar esse processo, você pode utilizar softwares para bicicletaria.

Registre o dia da compra, as quantidades adquiridas e o valor do pedido. Dessa forma, se houver uma readequação no preço, você poderá fazê-los sem ter prejuízo.

Escolha um fluxo de reposição

Seu estoque deve ser renovado com frequência, evitando problemas com vendas por falta de produtos. Por isso, escolha um fluxo de reposição adequado para a sua loja.

Há dois tipos principais de fluxos de reposição: a periódica e a contínua. Cada um tem suas particularidades e se encaixa melhor a determinados tipos de negócio.

Reposição periódica 

Nesse modelo, a reposição é feita a cada período de tempo, como quinzenal, mensal, bimestral, independentemente do número de itens em estoque. É ideal para negócios mais consolidados, que têm uma boa rotatividade, e eventualmente precisarão desses produtos. A principal desvantagem é ficar sem produtos com alta rotatividade até a data do próximo pedido.

Reposição contínua

Os lojistas que praticam reposição contínua mantêm poucos itens em estoque, e sempre que necessário, fazem um novo pedido. É ideal para lojas com pouco espaço disponível de armazenamento.

Organize o estoque

Muitos gestores, na hora de pensar sobre o estoque, não se preocupam sobre sua organização. Esse fator, porém, pode afetar diretamente na sua lucratividade sobre os produtos.

Há duas formas muito utilizadas no comércio para a organização de estoque: a primeira chama-se PEPS, ou Primeiro que Entra, Primeiro que Sai, e a segunda, UEPS, ou Último que Entra, Primeiro que Sai. Ambos os métodos são válidos e a escolha vai depender da realidade da sua loja de bicicletas.

PEPS

Supondo que você compre 10 selins a R$ 20 no mês de setembro, e desses, sejam vendidos sete a um valor de R$ 30. No mês seguinte, o mesmo produto sofreu uma alta e seu preço no atacado é de R$ 25. Se você fizer outro pedido e vender os três itens restante juntamente com o novo estoque, em sua lucratividade, não estarão discriminados os R$ 5 de diferença entre as mercadorias obtidas.

O método PEPS sugere, portanto, que se faça o controle das quantidades, e as mercadorias há mais tempo de estoque sejam as primeiras a serem vendidas. Assim, você terá uma maior noção da sua lucratividade.

UEPS

Esse método representa o oposto do anterior, e busca explorar a supervalorização que os produtos recém-chegados no estoque podem ter. Portanto, quanto mais recente for o item, mais rápido ele deve ser vendido.

Seguindo o mesmo exemplo dos selins: se você adquiriu 10 selins a R$ 20 em setembro, e no mês seguinte, mais 10 a R$ 25, porém esses últimos sejam uma versão mais moderna. Você poderá vender os produtos recém-chegados a um preço maior, garantindo maior lucratividade.

Se os produtos mais antigos sobrarem no estoque e for necessário fazer uma liquidação, o lucro garantido com os produtos mais modernos compensará o desconto, já que os produtos mais antigos no estoque foram adquiridos a preços mais baixos.

Escolha bons fornecedores

Não há como fazer controle de estoque adequado sem ter bons fornecedores para a sua empresa. É essencial fazer negócio com lojas que ofereçam produtos de qualidade, boas condições de compra e agilidade na entrega.

O Clube B2B é o primeiro marketplace do mercado de bikes no Brasil. Oferece agilidade no processo de compra e produtos de mais de 30 marcas. Além disso, assinando o Clube Premium, você tem descontos exclusivos e preferência na negociação.

Para conferir, clique no banner abaixo!

4 thoughts to “Como fazer controle de estoque da sua loja de bicicletas”

  1. Outro Artigo sensacional!
    Olha eu novamente, com a audácia de deixar meu pitaco por aqui, rs.

    Haja vista que a legislação fiscal não autoriza a utilização do UEPS para para valoração do estoque a mais utilizada e apropriada seria pelo o Custo Médio ou Média Ponderada Móvel. Neste, prevê que deve ser efetuada a média dos valores constantes no estoque com base nas unidades que serão vendidas. Assim, seria investigado o preço médio do período e o mesmo seria aplicado no momento da apuração dos custos de venda.

    O UEPS não é permitido pois o pelo nosso próprio sistema inflacionário fica evidente que esse método não é tão eficiente. Isso porque a inflação se caracteriza pelo aumento dos preços em determinado período. Imagine: como o UEPS prevê a venda primeiramente dos bens que entraram por ultimo nos estoques, consequentemente, o preço destes bens seria mais elevado com relação aos demais existentes no ativo das entidades. Dessa forma, o CMV (Custo da Mercadoria Vendida), no caso do custo das mercadorias vendidas, seria maior, e o estoque final menor. Assim, o resultado do período ficaria subavaliado perante a DRE – Demonstração de Resultado do Exercício apurada.

    De todo modo, o mais importante é que se tenha um controle de estoque independente da forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *